Do tumblr pra cá
Tenho muitos textos nos meus rascunhos, porém nunca os postaria aqui. Não consigo mais me enxergar neles. Recordo-me de perder tempos em frente ao computador escrevendo textos gigantes em um blog que ninguém lia. E gente, vocês não tem noção como meus "textos" eram bons. Eu escrevia CRÔNICAS até. Hoje mal consigo escrever algumas frases. Talvez eu não me dedique suficiente ou então eu apenas não sou mais aquela garota. Talvez agora eu seja "uma garota de poucas palavras"... daquelas que conseguem expressar tudo que sente em uma frase que pode ser lida em segundos.


Aqui acolá eu me perco pelo tumblr pensando coisas aleatórias e colocando lá o que não dá pra colocar aqui. E hoje resolvi mostrar o que ando escrevendo por lá. 
Perdi meu sono ontem enquanto lembrava da gente. Do exato momento em que começamos tudo. Lembro do nervosismo, do frio na barriga sempre que eu te via, e na expectativa colocada naquele momento. Talvez seja a minha breguice em ser apegada a coisas pequenas que fez o nosso amor durar tanto tempo, mas caso não seja, gosto de pensar que somos nós que tornamos cada momento assim tão especial.   ( há dois meses )
Eu vou dormir toda noite querendo que você, em algum momento da noite se lembre de mim e queira estar comigo assim como eu queria você aqui, agora, ao meu lado. É difícil ser assim, sabe, tão carente de afeto a todo momento. Eu queria sim ser um pouco desapegada. Dizer que não ligo. E falar, ao invés de esconder meus sentimentos. E pode acreditar quando digo que já tentei inúmeras vezes deixar de ser assim. Mas eu continuo me machucando. Continuo desejando que um dia você me veja e eu seja pra você o que você sempre foi para mim.    ( há seis dias )
Beijos de verdade não deveriam ser substituídos por selinhos dados na hora da pressa. Sempre se deveria ter tempo de sobra pra se demonstrar o que sente. Na falta do tempo, chegue atrasado, leve bronca do chefe, mas nunca deixe de dar a pessoa que está 24 horas do teu lado o que ela realmente deseja. Um pouco de carinho, abraço apertado e um beijo memorável. Não somente algo que depois de segundos nem será mais lembrado.   ( há um dia )
São bem simples e totalmente aleatórios que mostram a pessoa que eu sou. Bem romântica, apaixonada e por vezes carente demais, rs. Não gosto de fazer posts assim porque acabo me expondo muito e lá no tumblr é algo mais pessoal porque poucas pessoas me seguem. E o bom de lá é que eu não espero receber comentários nem nada do tipo, logo, não me cobro muito com o que expresso por lá. Trouxe somente três trechos do que tem por lá, mas caso queira ler mais é só clicar aqui.

Marcadores:


COMENTÁRIOS


  Compreendo... as vezes queremos no expressar por pra fora e nem sempre encontramos alguém pra ouvir ou nos entender. De vez em quando faço os textos reflexivos no meu blog, não espero comentários mas fico feliz quando percebo que existem outras pessoas como eu. rsrsrs

posted on 03 fevereiro, 2017


  Hoje em dia eu só apareço no Tumblr quando pego alguma ilustração de post e aí aproveito pra dar uns reposts pra atualizar meu feed. Mas lá tem aquela aba de "meus" que é só tristeza aquilo lá. Bem que dizem que é rede social de deprimido, porque em todos os momentos que estava na bad eu só escrevia lá. Há uns dois meses li um post de 2013 e fiquei com dó de mim. Se fosse outra pessoa que estivesse escrito ficaria até preocupada. Hoje em dia to de boa, é difícil sair coisas tão tristes do que escrevo, mas ficou a lembrança de um tempo que - ainda bem! - se foi.
Gostei dos seus trechos. Mesmo que desconexos. Mesmo que simples e sucintos, mostram bastante do seu interior. É sempre válido deixar um pouco de si por aí.

Com carinho,
Conto Paulistano.

posted on 04 fevereiro, 2017


  Como você e os seus textos, eu muitas vezes escrevo textos que depois de um tempo não me identifico mais. Ultimamente eu tenho escrito mais para desabafar e somente quando estou mais triste, então no geral eu não curto compartilhar com receio das opiniões.
Dois desses textos eu já conhecia por ter lido no seu tumblr uma vez. Gostei bastante, são pequenos e dá pra sentir o sentimento nas palavras. Eu pelo menos consigo visualizar.

Beijos!

posted on 04 fevereiro, 2017


  Olá,NNT! Como você está? Antes eu escrevia e deixava no rascunho,hoje a criatividade some tão rápido que pra mim agora é complicado escrever textos grandes pois eu gosto de me basear muito em mim ao escreve - los. Seus textos são tão bons de se ler,ao som de uma música calma então.. Passei pelo seu blog e vi que as imagens que você rebloga são muito lindas,fora a mistura de imagens com textos!
Beijos ♡
reckless

posted on 04 fevereiro, 2017


Postar um comentário

Sinto-me extremamente grata por tirar um tempinho do seu dia, para me alegrar com seu comentário. Sua opinião a mim é muito importante. Ajuda-me a te conhecer melhor e formar um vinculo legal.

P.S. não irei responder seu comentário por aqui, mas deixe o link do seu blog para que eu possa retribuir a visita. Gratidão.

3 de fev de 2017 - Com Carinho, nnt
~next~ ~previous~