4 filmes
Não tenho lido com tanta frequência, até tenho tentado, mas quando estou assim faço de tudo pra não forçar a barra demais. Então o que mais tenho feito é perder horas do meu dia assistindo alguma série ou filme novos. Em menos de um mês já assisti quatro filmes que nunca tinha ouvido falar, porque afinal nunca fui muito de assistir. Mas com as horas vagas que eu normalmente usava pra ler acabei aventurando nesse universo.


O primeiro filme que assisti foi Tallulah. Coloquei o sem nenhuma pretensão, e até que gostei. Mostra a vida de Tallulah uma garota que mora em uma combie com o namorado. Ele se sentindo esgotado já dá vida que levavam tenta a convencer de buscar algo mais fixo para os dois e assim formar uma família, só que ela acaba se mostrando alheia a sua escolha e ele acaba indo embora. Depois de algum tempo enquanto tenta se manter ela acaba conhecendo uma mulher que a confunde com uma babá. Passa então a cuidar da filha dessa mulher. Até que um dia ela leva a criança pra dormir com ela e quando retorna ao hotel se vê fugindo de policiais. Some com a criança e acaba pedindo ajuda a mãe de seu ex namorado, alegando que a criança é sua. Depois de um tempo tudo é descoberto e ela se vê numa encrenca sem tamanho.

O segundo assisti em uma tarde de domingo com minha sobrinha. Ela queria um filme de terror e colocamos esse, boneco do mal. Mas gente, que filme ruim. No fim achei totalmente sem propósito e uma perda de tempo. Conta a história de uma família que em um acidente perdem o filho e somente um boneco é encontrado. A família começa a tratar o boneco como se fosse o próprio filho, só que coisas estranhas começam a acontecer quando os pais saem de férias e ele fica somente com a babá.

Antes de ontem estava no tédio e com uma cólica dozinferno, foi então que decidi colocar algo pra tentar me distrair. Cada um na sua casa, é uma animaçãozinha muito amor, que conta a história de alienígenas que dominam a Terra com o propósito de trazer alegria aos humanos, mas acaba que não era bem essa a verdade por trás de tudo. 

E hoje fechei com quando te conheci. Pessoas sem sentimentos, sem memórias, sem família. Solitárias, com somente um propósito, sobreviver. Até que começam a sentir sintomas que até então eram desconhecidos. Silas e Nia acabam desenvolvendo sentimentos recíprocos um pelo outro. Só que eles tem que se manter escondidos se quiserem continuar se encontrando. Uma cura para o que eles sentem é descoberta e eles decidem fugir. Só que muitos obstáculos ainda iriam surgir. O filme é bem parado, mas é legal; e o que falar desse homem maravilhoso?!

Espero que essa vibe passe e que eu volte a ler logo, porque não sei se eu sobreviveria em um mundo onde só existisse filmes como forma de descontração, rs.

Marcadores:


COMENTÁRIOS


  Animações são sempre bem-vindas né. Esses dias assisti zootopia, achei bem legal. No começo achei que a história ia ser daqueles filmes que você chora horrores, mas nem é, a história é fantástica.

bêjo

posted on 10 setembro, 2016


  Nossa.. esse Boneco do Mal eu já ri aqui lendo sobre o que era.. e parece ser ruim mesmo hahaha
Esse animação dos alienigenas é muito amorzinho mesmo, acho que já vi umas duas vezes <3

posted on 12 setembro, 2016


  Gostei do Tallulah, assistirei com certeza. O Equals já estava aqui na minha listinha também! :)

Beijo, beijo!

posted on 13 setembro, 2016


Postar um comentário

Sinto-me extremamente grata por tirar um tempinho do seu dia, para me alegrar com seu comentário. Sua opinião a mim é muito importante. (Deixe o link do seu blog para que eu possa retribuir a visita.) Gratidão.

9 de set de 2016 - Com Carinho, nnt
~next~ ~previous~