Hello december #1
Começou DEZEMBRO, para alguns o melhor mês de todos. Para mim, apenas o mês mais nostálgico do ano. É o mês em que mais me recordo das pessoas que não estão mais comigo. Os amigos que estão morando fora, da minha irmã que mal se lembra da gente e da minha mãe que não está mais conosco. E querendo ou não, isso tudo acaba me abalando, afinal, os demais eu ainda posso ver algum dia, mas ela não. 

Costumávamos "decorar" a casa a nossa maneira nessa época. Final de ano ela sempre organizava alguma festa de família. E me lembro da ultima como se fosse hoje. Ela estava radiante, todos estávamos reunidos e embora não estivéssemos na nossa casa, não fez muita diferença, foi incrível da mesma forma. Amigos e família estavam presentes, teve cerveja, música e muito churrasco. Teve conversas, sorrisos e abraços na passagem de um ano velho para um novo que se iniciava. Até hoje me arrependo de não ter aproveitado mais aquele momento. Mas é normal se martirizar por algo que poderia ter feito diferente, e talvez seja daí que vem a culpa que até hoje ainda não me deixa aproveitar essa data e formar novas lembranças. Ou talvez EU é que não queira, bem lá no fundo. 

Hoje me deparei com esse vídeo da Anne e sim, eu me emocionei ao ver a relação tão linda delas duas. Como se segurar/não recordar momentos assim? Não dá. Eu vivo com o constante vazio dentro de mim que se revela a cada data comemorativa que a gente passava juntas. Dia das mães, aniversários, como é difícil suportar. E só quem já perdeu alguém querido é que sabe como é a sensação. Hoje preciso de fotos pra me recordar do rosto dela e como eu queria lembrar do tom de voz que ela tinha. Nunca gostou muito de fotos então me agarro as que encontro perdidas por algum álbum aqui de casa. Eu sei que tenho que deixar ela ir e formar novas lembranças, mas não quero esquecê-la e ao fazer isso tenho a péssima sensação de que um pedaço meu está indo junto. 

Talvez eu use o #blogmas somente como forma de desabafo e que talvez vocês nem me suportem (?) com certeza, mas vou tentar mesmo assim (!) Espero que não me abandonem

Marcadores:


COMENTÁRIOS


  Oi, Nathy!
Dezembro está ai, e eu nem estou tão animada pro final de ano como esperei. Força para superar as lembranças, viu? É difícil pensar nessas coisas e não se abalar.
Esse mês me traz um sentimento um pouco parecido, me sinto estranha por não estar mais tão próxima da minha família como antes. Mas, enfim... é época de deixar as brigas de lado, não é isso que dizem?
Que este dezembro seja melhor e que tenha memórias boas para que você se lembre com um sorriso daqui uns anos.

Beijo

posted on 01 dezembro, 2016


  Olá,NNT! Como você está? Pra mim é um dos melhores meses em parte mas ele continua sendo ótimo pelo fato da tão esperada férias então.. Sim é o mês que recordamos das pessoas que de um fato sairam da nossa vida mas vejamos pelo outro lado muitas coisas esse ao aconteceram que foram boas (mesmo sendo poucas). Nossa que lembrança mais tocante sério! E mesmo assim você continua forte em! Nunca desiste e isso que é bonito ver nas pessoas... Eu fui assistir o video da Anne e tipo eu quero fazer isso uma vez mais eu tenho vergonha de gravar sabe? Fique tranquila,escreva postagens que te faz te sentir bem aqui na blogsfera ta bom? Beijos.
Beijos.
| reckless |

posted on 01 dezembro, 2016


  Eu gosto muito de dezembro, de todo o clima de festas, alegrias e solidadriedade.
Gosto de ver casas decoradas e organizar encontros de famílias!
Vou ver o video da Anne, e acho muito legal você não esquecer os momentos que passou com a sua mãe. Recordar é sempre bom.
Beijos
https://versoaleatorio.blogspot.com/

posted on 02 dezembro, 2016


Anonymous Vy
  Aqueles que nos amam nunca nos deixam, já aprendemos em Harry Potter ;) Eu também gostaria de comemorar datas festivas com aqueles que eu amo mas já se foram, mas eu acho que a gente honra o legado dessas pessoas vivendo o melhor da nossa vida, fazendo com que eles tenham orgulho de como aproveitamos essa oportunidade de estarmos vivos ;)

posted on 03 dezembro, 2016


  Obrigada pelo relato tão sincero. Pra mim o ano acaba já em Novembro. Confessi que já fico triste também. O Natal aqui é muito fingido e baseado em inúmeras coisas fúteis e desnecessárias. As pessoas querem dar a impressão que tem uma coisa no ação de graças e no natal que elas não tem em nenhum outro mês. Acho forçado e plástico. Natal e o Ano Novo perdeu o sentido pra mim há muito tempo desde que vim morar aqui. Fico só no aguardo do próximo ano mesmo, onde toda essa palhaçada termina.
Beijos
http://vivendolaforanoseua.blogspot.com/

posted on 04 dezembro, 2016


Postar um comentário

Sinto-me extremamente grata por tirar um tempinho do seu dia, para me alegrar com seu comentário. Sua opinião a mim é muito importante. Ajuda-me a te conhecer melhor e formar um vinculo legal.

P.S. não irei responder seu comentário por aqui, mas deixe o link do seu blog para que eu possa retribuir a visita. Gratidão.

1 de dez de 2016 - Com Carinho, nnt
~next~ ~previous~